Saíba tudo o precisa quando ao realizar sua viagem internacional.

Antes de embarcar

Verifique a validade do seu cartão de crédito caso você esteja levando. Lembre-se também de guardar o limite dos mesmos para não ser pego de surpresa.


Utilize sempre o cartão (Travel Money), é muito mais prático e seguro.


Deixe com alguém o número do telefone do hotel ou da operadora, para casos de emergência.


Providencie cadeados e etiquetas para sua bagagem e tranque tudo ao deixar no seu quarto. Para cadeados utilize preferencilamente os aprovados pela TSE Americana, que em caso que seja necessaria abertura da mala eles possuem uma codificação especial e o seu cadeado não será inutilizado, pelos agentes de fiscalização.


Coloque na sua bagagem de mão seu passaporte, as passagens (etickets) e os números de telefones úteis em caso de emergência.


Providencie cópias autenticadas das duas primeiras páginas do seu passaporte. Deixe-as à mão e guarde os originais. Caso você perca ou roubem os seus originais, fale imediatamente com o seu guia, que o instruirá.


Anote algumas dicas de amigos ou parentes que já fizeram uma programação parecida com a sua. Essas dicas sempre nos ajudam a aproveitar mais o programa. Pode ser de lojas, de lugares para visitar e de coisas para fazer.

Aeroportos

Fique sempre atento nos aeroportos, nunca deixe sua bagagem ou peça para alguém desconhecido cuidar dela.


Quando for ao banheiro, não desgrude de sua bagagem, em qualquer lugar do mundo há pessoas mal intencionadas.


Se precisar de informações procure nossos guias, ou pessoal uniformizado de Cias Aéreas, é a melhor forma de conseguir a informação correta.

Embarque

Todos os passageiros devem estar, pelo menos, 3 horas antes do horário de partida no aeroporto, perto dos balcões da companhia aérea.


Se puder, principalmente nos períodos de férias, chegue até um pouco antes, 4 horas antes do horário de partida do vôo, horário que abrem os guichês da companhia aérea.


Use roupas e calçados confortáveis, pois você irá ficar um bom tempo nos aeroportos, como já dito e além disso, as viagens internacionais são sempre longas.


Lembre-se que no avião faz um pouco de "frio" durante o vôo!

Dinheiro

Bom lembrar que você é responsável pelo seu dinheiro e que, qualquer coisa além do básico fornecido pelo programa (quarto, café da manhã, refeições, entre outros) é por sua conta.


Ao receber um cartão de débito (Visa Travel Money) gratuito, que será carregado com um valor em dólares, referente à parte do café da manhã. Assim que tiver seu cartão em mãos, você poderá ligar para a empresa responsável e comprar mais dólares, ao câmbio oficial e assim, pré-carregar o cartão conforme sua disponibilidade. Você receberá mais informações junto com o cartão.


Hoje é muito fácil tirar um cartão de crédito que no exterior fica fácil de usar. Mas, anote os telefones de emergência em caso de roubo ou perda


No exterior, moedas, até mesmo as menores, têm valor na compra. Usa-se bastante. Portanto, cuidado para não ficar perdendo-as por aí. Tenha sempre com você um porta moedas ou uma pochete para guardá-las e carregá-las.


Você irá gastar em alimentação extra entre US$ 200 e US$ 300 (dólares americanos, sem os souvenires), considerado todo o período da viagem.


Não se esqueça de reservar dinheiro para a compra de lembrancinhas. Uma boa idéia é fazer uma lista de produtos que pretende adquirir nos Estados Unidos.


Não guarde seu dinheiro dentro de mala durante a viagem. Leve-o consigo em uma bagagem de mão junto com os artigos frágeis, remédios, etc


Espera-se que você pague por:

seu almoço.

gastos com lanches ou lazer.

Artigos pessoais como pasta de dente, shampoo, perfumes, creme de barbear, etc.

Telefonemas interurbanos ou de longa distância.

Telefonemas locais ou internet a partir do quarto do hotel.


O limite de compras no exterior é de US$ 500 por pessoa, mais US$ 500 no Free-Shop de desembarque.


Evite retornar muito carregado com aparelhos de som, bicicletas, computadores, pois será difícil acomodar tanta bagagem nos ônibus dos tours e você ainda corre o risco de pagamento de excesso de bagagem (é bem caro!), fora os impostos e taxas na chegada ao Brasil.


Se os US$ 500 da cota do exterior forem excedidos, você pode optar em declarar esse fato e pagar 50% sobre o valor excedente.


Se você arriscar e tentar passar, cuidado...se der certo, ótimo, mas se der errado, você paga 100% sobre o excedente dos US$ 500 permitidos.

Compras

Criança pagante acima de 2 anos também tem direito a US$ 500,00 do limite de bagagem


Não leve muitas roupas na viagem, pois certamente você vai comprar roupas em sua viagem ao exterior.


Enquanto você estiver esperando o seu voo de ida, dê uma passada no free-shop e verifique os preços dos artigos que mais lhe interessarem. Quando você estiver fazendo compras, cheque os preços dos mesmos artigos nas lojas visitadas.


Às vezes, algum artigo pode estar mais barato no free-shop e você pode comprar quando voltar. Além de estar economizando dinheiro, você estará também reduzindo seus riscos com o excesso de bagagem e com a cota de compras, já que você tem direito de comprar mais US$ 500 no free-shop (na volta), sem imposto adicional.


Saiba quais produtos adquiridos fora, estão isentos de impostos, e portanto não entram no limite de us$500,00 de sua cota.

Máquina Fotográfica.

Telefone Celular.

MP3.

Roupas e acessórios.

Produtos de higiene e de limpeza.

Livros, revistas e jornais.

Carrinhos de Bebês.

Instrumentos Musicais.

Até 12 litros de bebidas alcoolicas.

Até 10 maços de cigarros.

Até 25 charutos ou cigarrilhas e 250 gramas de fumo.

Observações Importantes:

Para roupas apesar de não ter sido determinada uma quantidade máxima permitida desses itens, eles devem estar de acordo com o tempo e a duração da viagem. Por isso, se a mala tiver 15 calças jeans novas em uma viagem de dois dias, o agente poderá cobrar a taxa sobre o que exceder a cota de US$ 500, tenha bom senso.


Carrinho de bebê e cadeira de rodas serão enquadrados como objetos de uso pessoal, e ficarão isentos da cota de importação, se o bebê ou o cadeirante estiverem juntos na viagem. Instrumentos musicais estarão isentos de impostos se o músico puder confirmar que é um artista profissional.


Para os demais objetos, a regra é no total de 20 unidades de produtos novos com valor unitário acima de US$ 10, desde que não haja mais de três idênticos. Por exemplo, se tiverem quatro aparelhos novos de MP3, um deles será retido. Já para lembrancinhas e suvenires, pode-se trazer também 20 unidades de produto, sendo no máximo 10 iguais.

Horários no Hotel

Como regra na maioria dos hotéis internacionais, o check-in é feito a pártir das 16:00 e o check-out ocorre até as 11:00.


Alguns hotéis liberam o check-in uma hora antes, apenas em baixa temporada

Ligações Internacionais

Telefonemas dentro do quarto, mesmo sendo a cobrar, são tarifados e o custo não é baixo. Procure sempre utilizar telefones públicos.


Chegando no seu destino, orientamos comprar cartões de telefone pré-pagos. Um cartão de US$ 10,00, permite até 4 horas de conversação com o Brasil...muito mais barato !!!


Mas lembre que a quantidade de tempo de um cartão para ligação internacional, é para telefone fixo, para celular, reduz consideravelmente o tempo disponível.

Regras Gerais

É ilegal e proibido o uso de qualquer droga ou narcótico. Se estiver tomando algum medicamento, não se esqueça de levar a receita médica.


Menores de 18 anos não podem trazer bebidas, cigarros ou similares.


Para comprar a maioria dos remédios necessitam de receita medica (não é valido receitas do Brasil) prescritas por um medico Americano. Portanto se você estiver tomando algum medicamento, leve com você, junto com a receita. Na America, em hipótese alguma você comprara um antibiótico sem que um medico prescreva. Não adianta insistir, é a lei.


Menores de 21 anos não podem comprar, transportar ou consumir nenhum tipo de bebida alcoólica.


caso um menor de 21 anos for pego com bebida alcoólica, será detido, e a pessoa que forneceu também.


É indispensável o comparecimento às atividades, nos horários estipulados. Atrasos, geram a perda do transporte e portanto o pagamento de transporte alternativo, ocorre por conta do "atrasado".


As regras e horários determinados pelo guia devem ser rigorosamente obedecidas, visando o bom andamento da viagem. O direito do grupo supera o direito individual.


Você deverá respeitar seus companheiros de viagem e o líder do grupo.


É obrigatório (Educado) estar pelo menos 5 minutos antes do horário marcado para as atividades, pois quando se utiliza transportes tercerisados, a companhia tem todos os seus horários ocupados. Seu atraso gerará atraso para o próximo cliente. O não comparecimento às atividades, nos horários estipulados gerará a perda do serviço, e por tanto, você arcara com um custo de um transporte alternativo. Essa regra é para todos os países e serviços contratados. Da mesma forma que você quer o serviço no horário marcado, os outros também querem.


O não comparecimento no horário determinado, você perderá o direito ao serviço e não haverá reembolso do mesmo. Para que você não passe por este aborrecimento, ligue para sua operadora e informe com antecedência, principalmente na chegada, quando sua conexão for trocada por qualquer motivo